top of page

O que é Psicanálise?

Atualizado: 28 de out. de 2023


cérebro e uma imagem de homem
O que é a Psicanálise

A Psicanálise é teorizada como uma ciência, da área de Humanas e é nova, tendo apenas cerca de 100 anos desde a sua criação, por Sigmund Freud. Depois de ser criada por Freud, são muitos os autores que se debruçaram sobre esta fascinante descoberta, contemporâneos de Freud, como Winnicott, Melanie Klein, Bion, Lacan, entre tantos outros, que contribuíram para a epistemologia (estudos de teorias) desta ciência.


Mas nos dias atuais, durante e após a pandemia do Covid, muitos foram os que voltaram para examinar as obras, e beber e pesquisar das fontes, destes vários autores.


Não somente devido a pandemia de 2019, mas com a explosão dos diagnósticos de transtornos de ansiedade, depressão, fobias e tantos outros fenômenos mentais como bipolaridade tipo 1, 2, borderlaine, burnout, provavelmente os seus surgimentos podem estar correlacionados com a "Modernidade Líquida" (período atual, ao qual nada é sólido, tudo começa e termina com muita rapidez). Na atualidade, até mesmo as crianças estão sofrendo com os diagnósticos de TDAH, Espectro autista, Dislexia, coincidência ou não, o que vemos é que, aparentemente, a tecnologia que serve para facilitar a vida, encurtar distâncias, economizar tempo, está também adoecendo a raça humana.


Devo neste momento acrescentar um adendo, os nomes aqui apresentados é uma preocupação de nosologia (classificação das doenças) pertencente à Psiquiatria e Psicologia, pois a Psicanálise não se ocupa destes diagnósticos.


Vou explicar por que.


A Psiquiatria é uma parte da medicina que, a grosso modo, se ocupa dos sintomas para poder diagnosticar o tipo de transtorno, em acordo com o Manual DSM que se encontra, até a edição deste artigo, no seu volume 5. Isto é de suma importância para a Psiquiatria, pois é desta forma que conseguem prescrever os medicamentos para amenizar os sintomas, que tanto causam sofrimento nos pacientes. É através dos sintomas que estão elencados no DSM, que chegam ao diagnóstico, só assim, podem receitar os medicamentos para combater estes mesmos sintomas.


Mas veja, combatem os sintomas, mas não o que dá origem a estes sintomas, isto quer dizer que, se o sintoma é causado por um problema emocional/psicológico, estes sintomas irão voltar e voltarão mais fortes, tão logo o organismo apresente tolerância ao medicamento receitado.


Dito isto, agora posso explicar do porque a Psicanálise não se ocupa destas nomenclaturas diagnósticas (nomes dos transtornos). A Psicanálise não é criada na especificidade de combater os sintomas, mas sim, investigar e analisar o que causa os sintomas. Mais à frente, quando explicar sobre o que é a Psicanálise, teremos maiores esclarecimentos sobre a sua especificidade.


Devido a ser nova, a Psicanálise ocasiona muitas dúvidas, principalmente confusões de diferenciações de outras ciências como a Psiquiatria e a Psicologia, mas neste artigo não irei falar sobre estas diferenças, mas irei explicar de forma mais abrangente sobre a recém nascida Psicanálise e sua utilidade.


Eis algumas das dúvidas de muitas pessoas.


O que é Psicanálise?

Qual a sua utilidade?

Quando se deve procurar o tratamento psicanalítico?

Quem precisa deste tipo de tratamento?

Quanto tempo dura o tratamento?


Vamos lá?


O que é Psicanálise?


Como dito acima, Psicanálise é uma ciência da área de humanas, criada, teorizada, formulada por Freud. Seu início se deu pela necessidade de descobrir o que causava sofrimento nas histéricas. Com isto se descobriu que o ser humana é muito mais governado em suas ações e reações pelo que lhe é inconsciente do que lhe é consciente. Fazendo total sentido o que temos de ensinamento na Bíblia, no Novo Testamento, em Romanos 7:19, onde o apóstolo Paulo diz que o homem faz o mal que não quer, mas que o bem que quer, que este não faz, concluindo que o homem é dominado pelo pecado/inconsciente.

A Psicanálise cresceu muito epistemologicamente ( nos estudos de suas teorias), onde vários autores conseguiram através de estudos e observações, enriquecer a mesma. Hoje podemos encontrar a Psicanálise no auxilio de pessoas que sofrem de inúmeros transtornos, para o restabelecimento de casais, temos as terapias grupais, onde Bion teve a sua contribuição, na atuação com crianças, onde podemos destacar Melanie Klein e Winnicott, e na atualidade, tantos outros tem se debruçado em cima desta ciência (pois para mim a considero como uma) para a contribuição na investigação e análise da construção de toda a subjetividade do ser humano, pois o que nos diferencia dos demais animais não é somente a capacidade de cognição ( aprendizado), mas também a capacidade de subjetividades (emoções e afetos).


Qual a sua utilidade?

A Psicanálise como dita a pouco, teve início para a descoberta de o que afligia as histéricas do século XIX, onde era uma incógnita para a área da medicina, em vista que, não se encontravam evidências fisiológicas (nos órgãos) que comprovassem o problema, pois, a ciência, até então, principalmente a medicina, necessita de comprovação material para se debruçar sobre um problema e, no caso das histéricas, não se encontravam problemas no organismo das mesmas.

Disto foi nascendo a Psicanálise, que trata daquilo que não é fisiológico, mas no entanto é real, existe, mesmo não tendo materialidade, é real e afeta o indivíduo. Nós somos não apenas em corpo, material, mas temos uma parte imaterial que nos compõem, o psicológico, responsável quantitativamente e qualitativamente pelas nossos afetos.

Nascemos com um corpo sem noção de espaço, sem emoções, mas, teoricamente falando, vamos nos desenvolvendo em corpo e metapsicologicamente.

E de onde vem a utilidade da Psicanálise?

Neste desenvolvimento metapsicologico (das emoções, dos afetos, da capacidade de expressão), que é realizado pelo meio em que vivemos, pela cultura em que estamos inseridos, por tudo aquilo que aprendemos com os que estão se relacionando conosco (pai, mãe, irmãos, parentes, amigos, etc.), podem acontecer de interiorizarmos algumas vivencias relacionais de forma a nos traumatizar. Para se investigar, analisar e buscar uma solução a estes traumas, que é útil a Psicanálise.

Muitas vezes, ou melhor, normalmente quando chegamos à vida adulta, estamos saturados de marcações psíquicas, de vivências mau resolvidas desde a infância, e que se intensificaram na fase da adolescência e se agravaram na fase adulta, nesta última é onde comumente se busca ajuda por não mais suportar os sintomas.


Quando se deve procurar o tratamento psicanalítico?

Este talvez seja o maior problema. Levando em consideração que, todos nós nos tornamos traumatizados, de uma forma ou de outra, menos ou mais, pois somos construído por pessoas que, provavelmente também possuem os seus próprios traumas, e como a grande maioria, nem busca ajuda analítica, os problemas vão se acumulando e se agravando.

O certo seria já, desde criança, buscar acompanhamento psicológico através de uma análise periódica, pois, assim como necessitamos de acompanhamento para o desenvolvimento de nossos corpos nos primeiros anos iniciais, assim também, quando o nosso aparelho psicológico se mostra pronto, que isto seria a partir dos 6 a 7 anos, deveríamos ter acompanhamento, para uma profilaxia (antecipar os problemas e doenças mentais).

Mas não é isto que ocorre. Na verdade, nem somos informados e instruídos desta necessidade.

Vamos vivendo em sociedades, cada vez mais complexas, e interiorizando muitas coisas que vão se acumulando e nos intoxicando mentalmente, e os nossos corpos vão apresentando, através dos sintomas, os sinais deste materiais tóxicos,

Por não buscar a ajuda devida ao tempo certo, vamos nos desestabilizando, nos desorganizando como pessoas, sem na realidade entender o que ocorre, sem conseguir agir de forma assertiva e nem mesmo reagir às diversas situações que enfrentamos no decorrer de nossa vivência.

Clinicamente falando, já tenho a experiência de que, quanto com mais idade se procura o tratamento, mais trabalhoso e maior tempo se levará para se organizar, em vista dos anos acumulados de erros e recalcamentos (jogar as coisas que não suportamos para o inconsciente, para evitar) ao qual já afetam o indivíduo, nesta análise, já dá para verificar que, quanto mais jovem a pessoa buscar ajuda, mais fácil será de organizar a sua estrutura psicológica.

Uma pessoa que se encontra em dia com suas análises pessoais, ou seja, que já desde mais jovem procurou realizar este acompanhamento, não necessitará mais do que 4 a 5 sessões anuais.

No entanto, uma pessoa, com cerca de 30 anos, provavelmente levará de 1 ano e meio a 2, para poder organizar a sua estrutura, isto se esta pessoa levar o tratamento com seriedade, comprometimento, assiduidade.

Eu, para me livrar de todos os problemas que me afligiam (e você lê um pouco sobre isto aqui mesmo no site) levei 6 anos de muita dedicação, mas o resultado foi fabuloso, hoje não sei o que é estresse, ansiedade, depressão, a palavra que me define é "plenitude".


Quem precisa deste tipo de tratamento?

Em acordo com os últimos parágrafos a resposta aqui é simples, todos.

Adultos, idosos, jovens, crianças, homens, mulheres, todos precisam de tratamento psicológico, até mesmo aquela pessoa que "acha" que não tem nada, como já dito acima, uma pessoa que está em dia com suas análises (psicanálise), precisa de pelo menos 4 a 5 sessões anuais.


Quanto tempo dura o tratamento?

O tempo que você quiser, Ou melhor, o tempo que você estiver disposto(a) a investir em sua saúde mental, pois o investimento disporá de seu tempo e dinheiro.

Eu atualmente exerço a profissão cobrando um valor menor que uma consulta com um médico ou um psiquiatra, pois cobro o valor de cada sessão de forma que, a soma no final do mês corresponda ao valor menor de uma consulta médica.

Logicamente que, quanto mais tempo você realizar o seu tratamento, mais e mais conteúdos psicológicos serão tratados. Tenho isto comprovado em minhas próprias pacientes.


Se você se interessou por este tratamento, basta me contactar, aqui mesmo na página você tem acesso ao meu Whatsapp, lá lhe darei todas as informações que necessitar e poderemos agendar um tratamento para você. Ou, se você conhece alguém que se identifica com esta matéria, compartilhe.


Psi Serva Rosemary Gomes

Se cuidar faz Bem

19 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page